Aprendendo a Profissão (professores iniciantes)

Aprendendo a Profissão: professores em início de carreira, as dificuldades e descobertas do trabalho pedagógico no cotidiano da escola

O presente projeto origina-se de preocupações voltadas para a prática docente de professores que se iniciam na docência e dos desafios e dilemas mais frequentes que esses professores enfrentam. Trata-se de privilegiar, mediante a pesquisa e ações formativas especificas, os professores iniciantes que poderão construir sua percepção sobre sua prática e desenvolver possibilidades de ação no enfrentamento dos desafios encontrados. O projeto tem como objetivo construir diálogos que articulem teoria e prática na formação inicial e no exercício profissional da docência, por meio de acompanhamento pedagógico, possibilitando a investigação e a construção/ aplicação de tecnologias sociais para a formação docente. O projeto assume o compromisso social, político e ético, voltado para uma sólida concepção teórica no âmbito da interdisciplinaridade nas áreas específicas de conhecimento científico, pela unidade entre teoria e prática, por meio de acompanhamento pedagógico. Espera-se, como produto da pesquisa-formação, a construção de tecnologias sociais para a investigação e intervenção nos processos de formação docente dos professores iniciante, estimulando os professores a se apropriarem dos saberes de que são portadores e que, por vezes, não conseguem reconhecê-los e apontam para a necessidade de se considerar e reconsiderar alguns conceitos, bem como o uso social que deles se faz dentro do universo profissional dos professores. Quanto à metodologia, trata-se de uma pesquisa-ação, onde os participantes são ao mesmo tempo sujeitos da pesquisa e se formam com/nela. Os participantes aprendentes comentam o desenvolvimento e as modalidades do trabalho biográfico, construindo suas capacidades de escuta e de partilha, atentos às considerações sobre formação tecidas ao longo do trabalho. Operacionalmente, o grupo de professores iniciantes nos anos iniciais do ensino fundamental terão encontros mensais com os professores-pesquisadores. Os acadêmicos frequentarão as salas de aulas dos professores iniciantes durante 7 dias no mês, com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento das aulas e os principais desafios enfrentados pelos professores, sendo que a esta ação chamaremos de Residência Pedagógica. Os resultados esperados com o desenvolvimento deste projeto é que ele produza conhecimentos na área de formação de professores no que se refere aos dilemas vividos pelo professor iniciante, visando contribuir para a fundamentação de propostas sobre acompanhamento profissional dos docentes iniciantes da educação infantil e educação básica.

Pesquisas encerradas: Edital CNPq 2014-2016. / Edital FAP-DF 2015-2017.

Pesquisas desenvolvidas e publicadas:


2016


Título: Os sentidos políticos atribuídos a educação escolar pelos professores iniciantes: continuidade, utopia, resistência e revolução.

Autora: Deise Ramos da Rocha

Tipo: Dissertação (2016)


Título: Processo de inserção profissional: principais dificuldades, desafios e descobertas de professores iniciantes da educação infantil.

Autores: Letícia Oliveira, Rosiris e Rodrigo Fideles

Tipo: Artigo (2016 – XVIII ENDIPE)


2017


Título: A construção da profissionalidade no processo de inserção profissional na educação infantil.

Autora: Letícia Marinho Eglem de Oliveira

Tipo: Dissertação (2017)


Título: O processo de inserção profissional na educação infantil: a construção da profissionalidade.

Autora: Letícia Marinho Eglem de Oliveira

Tipo: Artigo (2017 – REDESTRADO)


2018


Título: Aprendendo a profissão- professores em início de carreira, as dificuldades, as conquistas e as descobertas do trabalho pedagógico no contexto da escola

Autor: Rodrigo Fideles Fernandes

Tipo: Tese (2018)


Pesquisas em desenvolvimento – 2018:

 

Anúncios